Breve História

Desde sempre se deslocaram ao Hospital pessoas generosas e disponíveis que davam um pouco do seu tempo e carinho no apoio ao doente internado que na hora da visita não tinha o acompanhamento de familiares e/ou amigos. A implementação de regulamentos de visitas aos doentes no hospital em 1995, impediu que estes cidadãos pudessem individualmente continuar a sua missão.

Após vários encontros com estas pessoas, criou-se um projeto de voluntariado hospitalar, que após formação adequada desenvolvida no Porto e, sob a coordenação da Dr.ª Teresa Rodrigues, em 2 de fevereiro de 1998 iniciou o voluntariado no então Hospital Distrital da Covilhã com 18 voluntários/as.

Assim, em complementaridade com os profissionais de saúde, estes voluntários iniciaram a sua ação nos serviços de internamento prestando o apoio anímico aos doentes e na Consulta externa com a distribuição dos pequenos alimentos, ação que atualmente ainda se mantém.

  Este grupo de voluntariado foi promovendo anualmente a formação inicial para novos cidadãos que se comprometeram a enriquecer este grupo e com a missão de melhorar a intervenção junto dos beneficiários das ações.

No ano de 2001, Ano Internacional dos Voluntários, foram desenvolvidas várias iniciativas de promoção de voluntariado que se desencadearam na comunidade e também internamente no hospital.

Em janeiro de 2002, com o objetivo de dar sustentabilidade jurídica a este grupo de voluntariado hospitalar, é constituída a Liga dos Amigos do Centro Hospitalar Cova da Beira, com a primeira direção a ser presidida pelo Sr. Augusto Lopes Teixeira.

O grupo foi-se consolidando e notabilizando na sua intervenção junto da comunidade hospitalar, norteada sempre por princípios de solidariedade, humanização e doação. Foram muitos os projetos que foram criados, dos quais se destaca a Biblioteca do Utente em 2002.

Em 2007, com a nomeação como coordenador do voluntariado o Dr. Nuno Miguel Abreu e com cerca de duas dezenas de voluntários, têm-se vindo a percorrer uma longa caminhada de consolidação, crescimento do numero de voluntários, implementação de novos projetos, estabelecimento de parcerias externas e reconhecimento do voluntariado na área da solidariedade e dos afetos expressos nos gestos dos voluntários, para com os seus beneficiários.

Destacamos o ano de 2011, Ano Europeu do Voluntariado, já com mais de uma centena de voluntários (regulares, ocasionais e diretivos), quese notabilizou na região e no país na área do Voluntariado. Em janeiro promoveu as 1as Jornadas de Voluntariado da Cova da Beira e o Iº Encontro de Associações de voluntariado da Cova da Beira, iniciativa de âmbito nacional e que foi apadrinhada pelo Conselho Nacional para a Promoção do Voluntariado. Percorreu a região, o país e o mundo em conferências, palestras, e feiras dando a conhecer o voluntariado na saúde desenvolvido pela Liga dos Amigos. Foi assim, umas das cinco associações de voluntariado nacional, que, juntamente com a presidente do Conselho Nacional para a Promoção do Voluntariado (Dr.ª Elza Chambel), o coordenador do voluntariado (Dr. Nuno Abreu) participou no 3rd eu.level thematic conference for the european year of volunteering 2011, que decorreu em Atenas, na Grécia.

Ainda em 2011, iniciaram-se projetos e ações de voluntariado importantes para a melhoria da permanência dos utentes e familiares no Centro Hospitalar Cova da Beira:

– Canto da Cigarra

– Encaminhamento de utentes em consulta externa

–  Ações desenvolvidas com alunos dos clubes de voluntariado de Escolas Secundárias

– Projeto “ Oferecer Sorrisos” – voluntariado com idosos

– Outros

Foi ainda em 2011 que a Assembleia da República atribuiu um diploma de mérito à Liga dos Amigos pelo voluntariado que exerce e em 10 de dezembro tem a seu cargo o encerramento do Ano Europeu do Voluntariado com a apresentação das conclusões do mesmo pela equipa coordenadora nacional, na cidade da Covilhã.

Sempre basilada pela proatividade e numa vertente de enfatizar a mudança social para uma melhoria da qualidade de vida dos cidadãos, vai a Liga dos Amigos criando e promovendo novos projetos e ações de voluntariado que correspondem de acordo com o contexto social real às necessidades da população alvo, com os valores basilares da atividade e personalização.

Tem-se notabilizado na responsabilidade em envolver a comunidade nesta prossecução de promoção do voluntariado com o desenvolvimento de vários projetos e iniciativas que envolvem as instituições locais, associações de voluntariado, cidadãos e redes sociais. Entre protocolos formais, formações e encontros de associação de voluntariado da Cova da Beira, jornadas promovidas para a região e muitas atividades de voluntariado desenvolvidas em conjunto, a Liga dos Amigos tem vindo a desempenhar um papel preponderante na área do voluntariado na Cova da Beira.